Agruras

O problema dessa profissão é o ego dos colegas. OK, quase todas profissões têm essa agrura, mas o caso é que os tradutores, como os médicos, dependem de sua própria habilidade de escolha – diferente do engenheiro, do arquiteto, que têm fórmulas e regras que garantem que a obra vá dar certo. Por isso, claro, estamos propensos a errar também, mas o erro, por menor que seja, denpendendo da situação, “queima” um tradutor e pode fazer outro sair como o bom. Não estou sendo clara, né?

Pois então, é o caso de você fazer uma tradução, o cliente não gostar, e a agência pra qual você presta serviço passar a SUA tradução para ser avaliada por outro tradutor. Chato, né? Chato mesmo se o outro tradutor quer mostrar serviço e começa a mexer em coisas bobas do seu trabalho, como trocar 6 por meia dúzia. Só para dizer que a primeira tradução não estava assim tão boa… E para mostrar que ele é melhor. É mesmo?

Numa situação dessas, prefiro eu mesma conversar com a agência e explicar minhas escolhas. Porque ficar calada significaria aceitar a opinião do colega de que o meu trabalho não estava tão bom. Agora, se isso aconteceu e você não sabe como se justificar, bem, faça melhor da próxima vez.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Profissão de tradutor, Tradução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s