Arquivo do mês: janeiro 2012

Trabalhar em casa

Um aspecto básico da profissão sobre o qual ninguém fala é como trabalhar bem em casa.

Muita gente, das mais variadas profissões, opta por trabalhar no conforto do seu lar, especialmente em grandes cidades como São Paulo, onde perder 2 horas de seu dia (e da sua vida) em trânsito é perfeitamente normal (e um desperdício, a não ser que você não fique enjoado de ler no ônibus, metrô, ou tenha concentração suficiente para interromper a leitura toda vez que o farol abre, no carro).

O home office é algo cada vez mais comum na vida do tradutor. Por isso, dou umas dicas abaixo para trabalhar bem em casa.

1. Estabeleça o seu horário de trabalho. É irresistível estourar o “expediente” quando você tem um job e quer adiantá-lo para amanhã começar a happy hour mais cedo. Mas respeite o seu ritmo e o seu corpo. Muitas horas sentado trabalhando faz muito mal para os joelhos, as costas, olhos e até para a cabeça! Além disso, se não tomar cuidado, você acaba se privando do lazer e de outras atividades que são básicas na vida, né!

2. Delimite o seu espaço de trabalho. Nada de sentar na cama ou no sofá para trabalhar ou levar o notebook para a cozinha. Arranje um espaço para trabalhar, até mesmo para criar uma parede mental para separar o trabalho do resto do seu dia.

3. Organize o seu espaço de trabalho. Deixe dicionários, gramáticas, pastas de modelos, livros de consulta por perto, para não perder tempo procurando desesperadamente quando precisar deles.

3. Tire esse pijama! OK, é sonho de consumo de muitos trabalhar de pijama. Mas, vamos lá, um dia ou outro, tudo bem. Agora, todos os dias? Eu, pelo menos, sinto uma preguiça imensa se fico de pijama. Não consigo trabalhar assim, não me levo muito a sério de pijama rs.

4. Não é porque você está em casa, que vai assaltar a geladeira ou dar uma olhada na programação da TV a cada meia hora. Tente fazer o seguinte esquema: a cada 1 hora de trabalho, 10 minutos de descanso. É bom, porque você não se levanta da cadeira a todo momento, o trabalho rende e ainda dá uma esticada nas pernas.

5. Comer na hora que dá: não caia nessa roubada. Eu almoço todos os dias mais ou menos no mesmo horário. Se tenho um trabalho para logo, excepcionalmente atraso um pouco minha refeição. Quando tenho muita coisa para fazer, almoço, dou um tempinho e volto para o computador. Só não dá para ficar sem se alimentar, pois, como dizem os antigos, saco vazio não para em pé.

6. Se mora com alguém, converse com a pessoa e diga que você não deve ser interrompido por besteira (use uma palavra mais suave hahaha) durante as horas de trabalho. Caso contrário, não reclame se seu irmão parar do seu lado no meio do dia e começar a contar sobre a balada do final de semana.

É isso. Trabalhar em casa exige, sim, um pouco de disciplina. Mas, com o tempo, você mesmo vai descobrir táticas que funcionam melhor no seu caso.

E se você tem alguma dica ou sugestão, compartilhe com a gente!

3 Comentários

Arquivado em Profissão de tradutor